Sexta, 21 DE janeiro DE 2022

Dificuldade nos estudos: Como resolver

Desperdiçar um minuto pode não alterar seu desempenho no exame, especialmente se for uma prova de concurso público.

Publicado em:

26 de
nov
Categorias: Blog.

Desperdiçar um minuto pode não alterar seu desempenho no exame, especialmente se for uma prova de concurso público.

Uma pequena distração de 60 segundos pode transformar certas coisas em 20 minutos, uma hora, três horas, caso contrário, os resultados podem ser muito prejudiciais.

Claro, mesmo para os alunos mais leais, o descanso faz parte da vida diária. Assistir a filmes e caminhar pode até mesmo aumentar sua energia. O problema surge quando as limitações e a falta de compromisso ainda existem e uma pequena distração leva completamente a sua atenção. 

Existe uma lei de aprendizagem, veja:


O primeiro passo para estudar melhor em casa é estabelecer uma rotina e tentar estabelecer um local fixo e um horário adequado para seus estudos. 

Ao realizar as mesmas atividades no mesmo lugar e hora todos os dias, nosso cérebro cria um padrão que a ajuda a se concentrar em suas atividades. 

Vamos supor que você esteja estudando funções de segundo grau, você pode agendar um horário apenas para se dedicar a esta matéria.

Seja organizado


Organizar os materiais de aprendizagem e mantê-los sempre no mesmo lugar ajuda a economizar tempo e maximizar a eficiência do trabalho, além de potencializar o processo de aprendizagem.

Lembre-se de seus objetivos


É muito importante saber o que o motiva a aprender e lembrar disso todos os dias. Crie um lembrete em seu local de estudo. Pode ser uma frase em um post-it. O importante é que você esteja sempre em contato com seu objetivo.

Faça uma pausa e alcance seu objetivo mais rápido


É inútil querer aprender todo o conteúdo de que você precisa de uma vez. Seu cérebro simplesmente descarta todas as informações adquiridas. Portanto, faça intervalos regulares durante os estudos, como de 10 a 15 minutos a cada hora.

Guarde tudo que o distrai


Um dos principais problemas de estudar em casa é a distração. Evite deixar qualquer coisa que possa acabar interferindo com você, como o seu celular.

Pratique, pratique e pratique


Fazer exercícios práticos ajudará sua mente a entender que as informações obtidas são importantes e merecem um lugar na memória.

Finalmente, não desista da diversão


Ao contrário do que muitas pessoas dizem, aprender pode ser divertido, então não aprenda demais. 

O estresse só fará seu cérebro descartar todas as informações que adquiriu. Tire um tempo da semana para fazer suas coisas pessoais, como assistir suas séries, ler livros, sair com amigos ou até mesmo namorar. Isso o ajudará a relaxar e a fazer de tudo para voltar à escola.

Conheça seu tempo


Uma técnica adequada para dificuldade de concentração por muito tempo é chamada de "Pomodoro". “Permite focar na tarefa, reduzindo a distração e a ansiedade”.

Muito simplesmente, a ideia deste método é dividir e intercalar o tempo entre os intervalos de esforço (aprendizagem) e relaxamento (recompensa). Por exemplo: um aluno define que estudará uma matéria por 40 minutos. 

Durante esse tempo, fiquei absorto no aprendizado, 100% da minha atenção estava nos livros, sem nenhuma interrupção.

 Ao terminar essa tarefa, ele vai descansar de 5 a 10 minutos, brincar ao telefone, tomar um café, ir ao banheiro ... e, assim mesmo, vai intercalar o tempo de aprendizagem e o tempo de descanso.

O desempenho também precisa acontecer


O desempenho do seu teste depende em grande parte da sua dedicação, mas não é por isso que você precisa estar em tempo integral. Ou, para ser mais preciso, saber quando descansar é, afinal, uma forma de se dedicar.

O estudo concentrado sem descanso é prejudicial. “Além do declínio natural da produtividade, os alunos também sofrem estresse físico e mental com essa rotina. 

A preparação para o vestibular é uma maratona, não uma corrida de 100 metros”. Ou seja, o ideal é manter um ritmo constante de aprendizado e economizar energia para o início do ano até o final do ano, quando as exigências dos alunos serão maiores.

Dica


Tudo começa com a escolha do lugar certo para estudar. É importante ter um ambiente de aprendizagem confortável (cuidado para não ficar muito confortável e perder a concentração) e não ser incomodado. “Esse local precisa ser organizado e ter tudo que os alunos vão usar: cadernos, livros, kits de ferramentas, para evitar interrupções na busca por materiais inexistentes”.

Para alunos com dificuldade de concentração, é melhor começar com algumas horas de atenção. “Por exemplo, em vez de estudar por cinco horas, é melhor começar a estudar por duas horas. Se valer a pena, pode esticar um pouco mais. 

O importante é encontrar algumas horas que ele possa sustentar e manter o foco. Para quem estuda em casa, também é importante conversar com os familiares e fazer alguns arranjos. 

Se possível, os membros da família podem fornecer ajuda de maneiras simples para evitar interrupções ou economizar o trabalho doméstico para depois da escola.
[apss_share]

 

Outras Notícias

Câmara de Senador Canedo: Reinaldo Alves, herói ou vilão?
Suspeito de tráfico é preso com R$ 20 mil em cocaína, em Senador Canedo
Com mais um discurso político-eleitoreiro, Reinaldo Alves detona Divino e Laudeni Lemes
Coronavírus: espetáculo “A Paixão de Cristo” é cancelado em Senador Canedo
“O presidente colocou palavras na minha boca”, disse Marcelita Manze em sessão ordinária na Câmara
--->