Sexta, 21 DE janeiro DE 2022

Guarda Civil Municipal de Senador Canedo comemora 29 anos

A Guarda foi homenageada na sexta-feira (09)

Publicado em:

11 de
ago
Categorias: Cidade.

Foto/Reprodução

Guarda Civil Municipal de Senador Canedo foi homenageada nesta sexta-feira (09), pelos 29 anos de serviços prestados em Senador Canedo. O evento organizado pela prefeitura de Senador Canedo, por meio da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, contou com a presença do prefeito Divino Lemes, do secretário municipal de Segurança Pública e Mobilidade Urbana, Paranaguá, do superintendente de Trânsito, Clayton Silva, de servidores da Guarda e da SSPMU.


Criada por meio da Lei Municipal 092/1990, a Guarda Civil Municipal foi instituída para cuidar da segurança dos patrimônios públicos e da população, com os princípios de “Servir e Proteger”. Atualmente o quadro conta com 134 servidores, divididos entre o trabalho administrativo e ostensivo, que realizam um excelente trabalho para a segurança do município.


Além da patrulha nas ruas, a Guarda é responsável por diversos programas junto à comunidade, como o “Pipa sem Cerol”, que conscientiza crianças sobre os riscos da utilização do cerol e linha chilena, durante a brincadeira de empinar pipas, e o “Unidos em prol da paz”, que leva às crianças noções sobre a importância da paz e da diminuição da cultura de violência.


Outras ações também são realizadas juntamente com o Batalhão Escolar e o Proerd (da Polícia Militar de Goiás), que trabalha nas escolas temas como bullying, violência e drogas, durante todo o ano letivo.


*Fonte: Prefeitura Municipal de Senador Canedo


Presidência da Câmara - falta de transparência e projetos que não saíram do papel


[apss_share]

 

Outras Notícias

Câmara de Senador Canedo: Reinaldo Alves, herói ou vilão?
Suspeito de tráfico é preso com R$ 20 mil em cocaína, em Senador Canedo
Com mais um discurso político-eleitoreiro, Reinaldo Alves detona Divino e Laudeni Lemes
Coronavírus: espetáculo “A Paixão de Cristo” é cancelado em Senador Canedo
“O presidente colocou palavras na minha boca”, disse Marcelita Manze em sessão ordinária na Câmara
--->