Quinta, 20 DE janeiro DE 2022

Hariany diz que não aceitará ajuda financeira de Paula: ‘Pode doar para caridade’

A vencedora do BBB 19 disse que fará o que estiver ao seu alcance para ajudar a goiana, pois foi a amizade delas que a levou à final

Publicado em:

14 de
abr
Categorias: Cidade.

Foto: Reprodução/Rede Globo

Ao se tornar a grande vencedora do BBB 19, levando R$ 1,5 milhão para a casa, Paula disse que pretendia ajudar financeiramente Hariany, que era finalista do jogo mas foi desclassificada por conta de uma briga com a amiga.


No entanto, Hariany disse ao Gshow que não aceitará qualquer quantia da vencedora. “Fiquei muito feliz, mas não quero. Ela mereceu ganhar o prêmio e é merecedora de tudo, lutou para ganhar. Ela suou para conquistar a premiação. Se ela fizer questão, pode doar para a caridade. Vou pedir para ela fazer alguma boa ação”, disse.


Hariany espera que sua passagem pelo reality a ajude a conseguir novos trabalhos, e diz que faz questão de manter a amizade com Paula.


“Não tem porque encerrar esse ciclo agora, ainda tem muita coisa para rolar entre nós duas. Com certeza vamos manter contato, nossa amizade é verdadeira”, comentou.


“Eu não sei como como estamos, abracei ela e não tivemos conversa. O sentimento continua o mesmo, nada mudou”, completou a estudante de moda, que ainda não pôde conversar com a amiga.


Ao Gshow, Paula corrigiu a fala e disse que não pretende dar o prêmio à amiga. “Não falei nada sobre isso, mas quero recompensar de alguma forma, o que ela precisar. Não ganhei o milhão e meio por minha conta, foi porque ela estava comigo, pela nossa amizade e da nossa história”.


*Com informações da Folhapress

*Fonte: Mais Goiás

[apss_share]

 

Outras Notícias

Câmara de Senador Canedo: Reinaldo Alves, herói ou vilão?
Suspeito de tráfico é preso com R$ 20 mil em cocaína, em Senador Canedo
Com mais um discurso político-eleitoreiro, Reinaldo Alves detona Divino e Laudeni Lemes
Coronavírus: espetáculo “A Paixão de Cristo” é cancelado em Senador Canedo
“O presidente colocou palavras na minha boca”, disse Marcelita Manze em sessão ordinária na Câmara
--->