Economia

O plano das operadoras de telefonia para faturar na crise

Tim, Oi, Claro e Vivo vão usar um ferramenta da Cielo para oferecer recarga de celular a 30 milhões de beneficiários do coronavoucher inscritos na poupança social e que não tinham conta em banco.

Boa parte dos 60 milhões de celulares pré-pagos que são recarregados todos os meses no país está nas mãos de trabalhadores informais, foco do auxílio emergencial.

*Fonte: nota de Robson Bonin, reproduzida na íntegra. Revista Veja – digital

Você também pode gostar...

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.