Quinta, 20 DE janeiro DE 2022

Professores da Rede Estadual de Educação podem entrar em greve nesta terça-feira (01)

O Sintego marcou assembleia na porta da Alego

Publicado em:

1 de
out
Categorias: Educação.

Foto: Thaís Lobo/Mais Goiás

Os professores da Rede Estadual de Educação podem entrar em greve na próxima terça-feira (01). O Sintego (Sindicato dos Trabalhadores em Educação de Goiás) marcou uma assembleia para as 14h, na porta da Assembleia Legislativa de Goiás (Alego). A discussão é sobre o piso salarial dos professores, contratos temporários e efetivos, data-base dos administrativos, progressões, concurso público e a redução dos percentuais da Educação Básica em Goiás.


De acordo com o Sintego, no último dia 10 de setembro foi aprovada em primeira votação, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que reduz os recursos da Educação Básica e inclui a UEG nos 25% da Educação. A medida diminui a verba orçamentária prevista no Plano Estadual de Educação, na LDB e na Constituição Federal.


“Com a aprovação da PEC, redução de recursos para a Educação e não pagamento dos direitos dos trabalhadores, o Sintego convoca nova Assembleia da categoria, para que sejam definidos os planos de luta contra as maldades do Governo”, lê-se na nota do Sintego enviada à imprensa. O sindicato afirma que a greve pode ser deflagrada logo após a assembleia.



*Fonte: Mais Goiás

Câmara Municipal: representatividade se obtém com mudanças, não com aumento do número de vereadores (Opinião).

[apss_share]

 

Outras Notícias

Câmara de Senador Canedo: Reinaldo Alves, herói ou vilão?
Suspeito de tráfico é preso com R$ 20 mil em cocaína, em Senador Canedo
Com mais um discurso político-eleitoreiro, Reinaldo Alves detona Divino e Laudeni Lemes
Coronavírus: espetáculo “A Paixão de Cristo” é cancelado em Senador Canedo
“O presidente colocou palavras na minha boca”, disse Marcelita Manze em sessão ordinária na Câmara
--->